O desejo da comunidade rioestense na constituição de uma rádio local vem de muito tempo. Em janeiro de 2008, o então Vereador Humberto Pessatti e a secretária da Câmara de Vereadores, A Srª Judite M. Pisetta, receberam um documento do Ministério das Comunicações que oportunizava e viabilizava a instalação de rádios comunitárias. 

Assim sendo, contrataram dois profissionais sendo um para tratar da parte burocrática,Sr. Adilson de Oliveira Mattos e o Sr. Anderson de Oliveira, engenheiro de Telecomunicações, para a parte técnica. 

Com a colaboração de vinte associados e do Círcolo Trentino de Rio do Oeste tornou-se realidade a “Associação de Comunicação e Cultura de Rio do Oeste” (Rádio Comunitária) conforme ata do dia 02 de fevereiro de 2008 e que, neste mesmo ato, aprovou o Estatuto da entidade. No dia 06 de fevereiro de 2008, a mesma assembleia elegeu a Diretoria Executiva: 

Presidente: Dante Perini

Vice Presidente: Márcio Pessatti

Coordenador Geral: Humberto Pessatti

Secretária: Lucimari J. Rotta

Diretor de operações: Cleber R. Paul

Após as tramitações legais no Ministério das Comunicações, que se estendeu até o mês de setembro de 2010, foi emitida a concessão definitiva para instalação da rádio. 

A partir disso, a rádio foi instalada na Rua Alberto Nardelli Nº 101, sala 01, Bairro Jardim das Hortênsias, sendo que a primeira transmissão ocorreu às 20h do dia 30/10/2010 e o primeiro programa a ir para o ar foi “Bola na Trave”, às 20h do dia 15/11/2010 com Jaime Ferrari e Dilvair Kinis. 

Atualmente a rádio conta com os seguintes locutores: Judite Moser Pisetta, Angelo Zito Manieski, José Filiponi, Jaime Ferrari, Dom José Jovêncio Ballistieri, Frei Darci Catafesta, Tauana Oliveira, Missionário Alfonso, Pastor Evandro e Sergio do Santos, sendo que, destes, apenas três são remunerados e a secretária geral Edna Ropelato. 

Queremos fazer agradecimentos especiais ao Deputado Pizzolatti pelos seus esforços na tramitação do projeto em Brasília; aos Deputados Jean Kullmann, Moacir Sopelsa e Rogério Mendonça, pela liberação de recursos junto ao Governo do Estado para aquisição de parte dos equipamentos; ao Círcolo Trentino pela contratação e manutenção dos profissionais que se responsabilizaram pela parte técnica e burocrática do projeto; à MITRA Diocesana por ceder o espaço no “Centro de Formação Diocesana” de forma gratuita; ao Sr. Dante Perini e Sr. Vitor Essig pela restauração das salas e aquisição de móveis e Sr. Italo Goral e Sr. Germano Purnaghen, também pela viabilização de recursos.